Património e Arquitectura

Bodhgaya: planos para tornar a cidade num destino turístico icónico

Bodhgaya é o local onde o Buda atingiu o despertar ou iluminação. Devido ao seu significado e simbolismo é o local mais importante para os budistas e recebe peregrinos e turistas de todo o mundo.

Em Bodhgaya encontra-se o Templo Mahabodhi, mandado construir por volta do ano 260 AEC pelo imperado Ashoka. O templo assinala o local onde o Buda atingiu o despertar e é classificado como Património Mundial da UNESCO. Também existem outros monumentos históricos e objetos de alto valor arqueológico, religioso e espiritual. Ao longo das últimas décadas vários templos associados a países tradicionalmente budistas foram sendo construídos, assim como centros de diversas organizações budistas. Através desses templos e centros os peregrinos e turistas podem ficar a conhecer como a tradição budista se foi manifestando nos diversos países.

A pequena cidade multicultural no entanto foi negligenciada durante anos, sem que tivesse recebido a devida atenção. Problemas de assentamentos, poluição, ausência de estruturas que apoiem os peregrinos e turistas, são alguns dos problemas identificados.

Mas, paulatinamente, nos últimos anos tem recebido pequenas melhorias, assim como todo o circuito budista, que contempla os locais por onde o Buda passou ou que se tornaram importantes na história do budismo.

Em 2018 o Olhar Budista publicou o artigo Qual o futuro de Bodhgaya?, nesse artigo foi apresentado um projeto para resolver os problemas de Bodhgaya, assim como uma entrevista ao arquiteto que o idealizou. Ao que parece até agora não existe qualquer desenvolvimento e é pouco provável que exista no futuro. No entanto, existe uma visão semelhante e que é espectável que avance mais cedo ou mais tarde.

Destino Turístico Icónico

Em 2018 o governo indiano começou a pensar num plano para tornar algumas cidades da Índia como destinos turísticos icónicos. O plano tem como objetivo identificar e resolver várias lacunas de algumas importantes cidades, principalmente ao redor de monumentos históricos, tornando-as destinos de classe mundial. Foram propostas 10 cidades, mais tarde passou a 17 e posteriormente a 19. Bodhgaya está entre as cidades referenciadas.

Por agora ainda nada foi implementado, mas o desenvolvimento dessas cidades faz parte da estratégia do governo para o turismo. Existe um plano para Bodhgaya mas ao que parece não é final, é uma proposta inicial que ainda tem de ser adaptada. Em baixo algumas imagens dessa visão para a cidade.

Centro Cultural

Também em 2018, o Primeiro-Ministro da Índia, Narendra Modi, anunciou a construção de um centro cultural e de convenções. Essa proposta foi mesmo para a frente e neste momento está em construção. O edifício principal situa-se no centro e terá um auditório com capacidade para 2000 pessoas. Um outro edifício terá um auditório com capacidade para 500 pessoas. Terá também salas para reuniões e de múltiplos propósitos, refeitório, entre outras comodidades.

Instituto Nalanda do Dalai Lama e Projeto Maitreya

Um dos projetos quem tem décadas e com avanços e recuos é o Projeto Maitreya que visa a construção de uma grande estátua do Buda Maitreya. O projeto foi inicialmente pensado para Bodhgaya, depois foi deslocado para Kushinagar, e posteriormente ficou definido que ficaria em Kushinagar uma grande estátua e em Bodhgaya outra um pouco menor.

No mês passado a instituição idealizadora do projeto anunciou que doou as terras do Projeto Maitreya em Bodhgaya ao Dalai Lama. A doação de cerca de 12 hectares de terra ajudará o Dalai Lama a cumprir o seu desejo de construir um Instituto Internacional em Bodhgaya. A visão do Dalai Lama é que o instituto partilhe a sabedoria da tradição Nalanda e que ajude criar felicidade e paz no mundo. Será um centro onde se estudará a filosofia da mente, saúde emocional, meditação, entre outros assunto. Pretende-se que seja uma réplica da antiga Universidade de Nalanda, que conecte budistas ao redor do mundo e os traga para o “ecossistema” de Bodhgaya.

A estátua Maitreya será integrada ao instituto. Por agora são desconhecidos mais detalhes do plano.

Instituto Indiano de Gestão

Ainda que não tenha diretamente haver com o budismo e o turismo, este é mais um projeto importante para a cidade. Estes institutos são dedicados ao ensino de gestão e são de grande prestigio na Índia. O governo os declara como instituições de importância nacional. Em Bodhgaya já funcionava um instituto mas agora está em construção um campus com instalações de qualidade. O Instituto fica nos terrenos da Universidade Magadh.

Energia Verde para Bodhgaya

O estado de Bihar será o primeiro da Índia a ter duas cidades com energia verde, isto é, energia de fontes renováveis. Uma das cidades é Rajgir e a outra é Bodhgaya. Serão também as primeiras cidades totalmente ecológicas do país. Provavelmente levará alguns anos até que as cidades funcionem totalmente com energia verde.

Bodhgaya tem um potencial por explorar, além destes planos existem outros como a atualização do aeroporto. Com os planos em curso os budistas terão várias estruturas adequadas para o estudo e prática budista na cidade onde o Buda despertou e os turistas terão outro tipo de condições.

As pessoas que visitam os locais do circuito budista são principalmente grupos budistas e os mais aventureiros, o melhoramento do circuito budista além de atrair ainda mais budistas, atrairá um leque mais alargado e diversificado de visitantes, e consequentemente, melhorará a economia local, criará mais postos de trabalho e trará mais prosperidade.

Veja também:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: