Sutras e Textos Canónicos

Sutra do Coração | Canções, recitações e palestras

Vídeo Publicado em Atualizado em

O Sutra do Coração é um dos mais importantes e conhecidos sutras do budismo mahāyāna. É reverenciado por muitos budistas como uma explicação perfeita da natureza da realidade. “Forma é vazio, vazio é forma” é a expressão mais conhecida do sutra (para compreender essa afirmação, explore os artigos linkados no final deste post). O Sutra é notável pela sua brevidade, concisão e claridade. Tem esse nome por ser considerado representativo dos ensinamentos básicos dos Sutras da Sabedoria Perfeita (Prajnaparamita), que são muito mais longos.

Confira neste post: O sutra cantado por diferentes artistas – Concerto de banda japonesa (com um sacerdote Zen) – Mantra do sutra – Recitações – Palestras sobre o sutra – Tradução.

Sutra do Coração cantado

por Imee Ooi

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

A importância dos Bons Amigos e os 4 tipos segundo o Buda

Publicado em Atualizado em

Budismo, amigos e amizadeTrecho do livro “Ensinamentos Fáceis, Verdades Profundas” de Ajaan Anan Akiñcano

O Buda disse que coisas boas provêm de estar com bons amigos. Eles fazem com que manifestemos as nossas boas características. Tente evitar amizades ruins. Estas são aquelas que nos levam para a bebida, para o jogo e assim por diante, levando a situações danosas. Esse ensinamento também vale para o nosso íntimo. Isto significa evitar se misturar com as forças negativas na nossa mente, ficando, ao invés disso, com os pensamentos e aspirações benéficas. Se fizermos isso bem, então a nossa prática será sólida. Saberemos por nós mesmos o que nos trará a felicidade e qual é o modo benéfico para viver. Assim, mesmo quando estivermos nos socializando com outras pessoas, se elas estiverem tomadas por idéias incorretas ou ainda não entenderem o caminho, nós, mesmo assim, não ficaremos abalados. Isso porque estaremos firmes e porque entendemos por nós mesmos.

O Buda ensinou que devemos nos associar com pessoas boas, sábias, e evitar aquelas que são tolas ou imprudentes. Mas algumas vezes acontece que Leia o resto deste artigo »

[Livro] Nas Palavras de Buda (Versão Open Source)

Publicado em Atualizado em

Neste post são fornecidos links para versões livremente disponíveis dos suttas incluídos no livro de Bhikkhu Bodhi. Mais detalhes sobre este excelente livro em: Wisdom Publications, Good Reads, Google Books e Amazon.

A Introdução do livro e dos vários capítulos poderá ser consultada em inglês.

Links para o Acesso ao Insight (AAI) levarão para a tradução dos suttas em português. Quando não existe tradução para português poderá consultar os suttas em inglês ou em outras línguas no Sutta Central (SC).

O Sutta Central também disponibiliza as traduções em português do Acesso ao Insight, mas sem os respectivos comentários.

 

 

NAS PALAVRAS DE BUDA
Bhikkhu Bodhi

Introdução (PDF)

I. A Condição Humana Leia o resto deste artigo »

Lankavatara Sutra, o sutra da descida ao Sri Lanka

Publicado em Atualizado em

Para ler o sutra completo clique aqui.
A análise que se segue é um Trecho do Capítulo II: Os seis patriarcas (séculos VI-VII), do livro Os Mestres Zen, de Jacques Brosse. Editora Pergaminho.

Após ter escolhido longamente entre os sutra aquele que poderia servir de referência aos adeptos do dhyana, Bodhidharma dirigiu-se a Houei-k’o, dizendo-lhe: “Tendo considerado a mentalidade dos praticantes da Via na China, penso que apenas este sutra lhes pode servir.” Foi portanto este texto que Houei-k’o estudou junto dele durante seis anos. Posteriormente, quando entre os seus discípulos, um deles tinha dificuldade em captar o seu pensamento sobre a Revelação, Bodhidharma dava-lhe uma cópia deste sutra e dizia-lhe: “Que seja o vosso ponto de partida para o futuro1.” Esta transmissão tinha uma tal importância que a nova escola foi durante muito tempo conhecida pelo nome de Lankavatara.

Este sutra mahayanista, certamente tardio e nitidamente influenciado pela escola Yogachara (século IV) de Asanga e Vasubandhu, serviu de ponte entre a tradição indiana do dhyana trazido por Bodhidharma e o futuro tch’an chinês. Em que medida é que este texto poderia esclarecer os praticantes acerca da sua própria Revelação? É o que vamos examinar.

O Lankavatara Sutra evoca a chegada do Buda ao Sri Lanka, que aí teria sido convidado a pregar o Dharma por Ravana, senhor de Yaksha, mas, no essencial, faz referência a um diálogo entre Shakyamuni e o Bodhisattva Mahamati que o interroga acerca da natureza da sua Revelação, o estado da sua “realização interior” (matyatma-gatiogocharam). A resposta do Buda constitui o Leia o resto deste artigo »

Palavras de Buda | Selecção de Versos do Dhammapada

Publicado em Atualizado em

Dhammapada é um dos textos mais antigos e respeitados do Budismo. Neste post é partilhado uma selecção de versos de cada capítulo do Dhammapda. Estes versos e imagens foram extraídos da versão Dhammapada Ilustrado, de Weragoda Sarada Maha Thero, disponibilizada no site Acesso ao Insight, clique nesse link para aceder à versão completa e comentada.

Clique aqui para  saber mais sobre o Dhammapada e ter acesso a várias versões completas, gratuitas e comentadas.


1. Yamakavagga | Versos Gémeos

Dhammapada v1

 

 

Todas as ações são comandadas pela mente:
a mente é o senhor delas, a mente é quem as fabrica.
Aja ou fale com um estado mental corrompido
que o sofrimento virá em seguida da mesma forma
como a roda da carroça segue as pegadas do boi.
Dhp 1

 

 

Leia o resto deste artigo »

Palavras de Buda e as 3 Peneiras de Sócrates

Publicado em Atualizado em

Palavras de Buda sobre a Fala Correta

ABHAYA SUTTA
Excerto do Discurso do Buda para o Príncipe Abhaya:

No caso de palavras que o Tathagata (Budha) sabe que não correspondem aos fatos, não são verdadeiras, não são benéficas e que também são antipáticas e desagradáveis para outras pessoas: essas palavras, ele não as diz.

No caso de palavras que o Tathagata sabe que correspondem aos fatos, são verdadeiras, não são benéficas e que também são antipáticas e desagradáveis para outras pessoas: essas palavras, ele não as diz.

No caso de palavras que o Tathagata sabe que correspondem aos fatos, são verdadeiras, são benéficas, porém são antipáticas e desagradáveis para outras pessoas: o Tathagata tem a noção do momento mais apropriado para dizê-las.

No caso de palavras que o Tathagata sabe que não correspondem aos fatos, não são verdadeiras, não são benéficas, porém são simpáticas e agradáveis para outras pessoas: essas palavras Leia o resto deste artigo »

[Livro] Dhammapada: Versos do Dhamma

Publicado em Atualizado em

Dhammapada é um dos textos mais antigos e respeitados do Budismo. Faz parte do Cânone Pali. Existem vastas traduções e comentários. Confira neste post vários audiobooksebooks (weblivros e pdf), comentários, apps, edições impressas e outras informações.

Clique aqui para ver uma Selecção de Versos (ilustrados) do Dhammapada.


«[O Dhammapada] representa um precioso tesouro espiritual pela transcendência da sua mensagem, e que, por isso, ultrapassou as fronteiras da Índia, tornando-se património de toda a humanidade. Pilar incontornável da poesia ética de tradição kavyá da Índia clássica, abre o caminho do aperfeiçoamento humano pela edificação das virtudes e pela denúncia da vaidade e do ego, da ignorância e da dor. (…)»  – José Carlos Calazans, Introdução ao “Dhammapada”, Editora Ésquilo

«A figura de Buddha e a sabedoria que irradiam dos seus ensinamentos são, para a Humanidade, e mesmo em pleno século XXI, uma luz nas trevas, um farol no agitado mar da vida humana. Nenhuma outra religião reconhece tanta importância às descobertas da própria consciência, à serena reflexão, à busca do saber. O próprio Buddha ensinava que não devíamos aceitar, de maneira nenhuma, aquilo que a nossa mente e o nosso coração não reconhecem como válido, ainda que estivesse escrito ou fosse dito pelo maior dos sábios.» – José Carlos Fernández, Posfácio do “Dhammapada”, Editora Ésquilo


Audiobooks Leia o resto deste artigo »

Sabia que: O Sutra do Diamante é o primeiro livro impresso no mundo?

Vídeo Publicado em Atualizado em

sutra do diamante

A Bíblia de Gutenberg foi o primeiro livro impresso no Ocidente, por volta do ano 1455 em Maniz (Alemanha). Mas ao contrário do que muita gente pensa, não é o livro impresso mais antigo.
O mais antigo livro impresso é o Sutra do Diamante, impresso na china no ano 868.

Todos os fenómenos condicionados
São como sonhos, ilusões, bolhas e sombras,
Como orvalho e relâmpago;
Devemos contemplá-los desta forma.
– Sutra do Diamante

Sobre o Sutra do Diamante | Lama Padma Samten Leia o resto deste artigo »