Trechos

Orgulho e arrogância no Caminho

Publicado em Atualizado em

«Se nossa prática não diminui o auto-apego, ou talvez até aumente, então não importa o quanto somos austeros e determinados, não importa quantas horas por dia nos devotamos a aprender, refletir e meditar, nossa prática espiritual é em vão.

Um derivado próximo do auto-apego é o sentimento de auto-importância. Tal arrogância ou orgulho é uma armadilha bem perigosa para pessoas praticando o Dharma. Especialmente no Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Materialismo Espiritual, um perigo à espreita

Publicado em Atualizado em

“O percurso correto do caminho espiritual é um processo muito sutil e não alguma coisa a que possamos atirar-nos ingenuamente. Existem numerosos desvios que levam a uma distorção egocentrada da espiritualidade.”

espiritualidade

Trecho da Introdução do livro “Além do Materialismo Espiritual” de Chögyam Trungpa. Editora: Cultrix.

O percurso correto do caminho espiritual é um processo muito sutil e não alguma coisa a que possamos atirar-nos ingenuamente. Existem numerosos desvios que levam a uma distorção egocentrada da espiritualidade; podemos iludir-nos imaginando que estamos nos desenvolvendo espiritualmente quando, na verdade, não fazemos senão fortalecer nosso egocentrismo por meio de técnicas espirituais. A essa distorção básica pode dar-se o nome de materialismo espiritual.

(…) De acordo com a tradição budista, o caminho espiritual é o Leia o resto deste artigo »

O infeliz guru do desenvolvimento pessoal

Publicado em

Trecho do livro “A Gata do Dalai Lama” de David Michie. Editora: Lúcida Letra.

Todos em Mcleod Ganj sabiam que alguém especial estava chegando quando o imenso Range Rover preto subiu imponente a colina para o templo de Jokhang. Moradores e turistas olhavam fixamente aquela aparição enorme, reluzente e cara, tão fora de sintonia com o local que mais parecia ter se materializado de outro planeta. Quem exatamente estava por trás daqueles vidros escuros? O que é preciso fazer para ser transportado de maneira tão secreta e extravagante? […] Leia o resto deste artigo »

Meditação e Yoga transformados em produtos comerciais

Publicado em Atualizado em

Pelo que me é dado ver, em certos casos, há sobretudo uma utilização da meditação para fins comerciais. É inquietante, na medida em que seria uma grande perda se a meditação fosse separada dos seus valores originais e das ricas tradições onde cresceu. – S. S. Karmapa

mindfulness

Trecho do livro “Freedom Through Meditation” de S. S. Karmapa

Como todos sabem, hoje em dia verifica-se no mundo inteiro um interesse crescente pela meditação e a plena consciência. As estatísticas do Google evidenciam esse entusiasmo recente. O que eles mostram são números altos para pesquisas sobre tópicos ligados à meditação, mas se olharmos para as estatísticas do termo Budismo, os números caem acentuadamente. Isso mostra-nos que muitas pessoas preferem mais informações sobre a meditação do que saber sobre o budismo.

Creio que o facto de o budismo ser etiquetado como uma religião produz um efeito negativo no interesse que as pessoas poderiam ter. A meditação e a mindfulness, por sua vez, não têm a carga dessa conotação, o que leva as pessoas a aproximaram-se mais facilmente. 

De certo modo isto é Leia o resto deste artigo »

O Sermão da Flor do Buda

Publicado em Atualizado em

“Um bom professor é melhor que a maioria dos livros sagrados. Os livros contêm palavras e o Ch’an não pode ser transmitido por meras palavras” – Hsü Yun

Trecho do livro “Nuvem Vazia: Os Ensinamentos Zen” de Hsü Yun (Cap. IV). Edições Nalanda.

Um bom professor é melhor que a maioria dos livros sagrados. Os livros contêm palavras e o Ch’an não pode ser transmitido por meras palavras. Suponho que você irá pensar: “Bem, se este velho homem diz que as palavras são inúteis, por que ele fala tanto?” A religião tem muitos mistérios, e talvez o maior mistério de todos é: Porque os professores dizem que as palavras nunca são suficientes e, então, falam e falam até que os ouvidos de seus estudantes se transformem em pedras?

Buddha, certa vez, estava perto de um lago no monte Grdhrakūta e se preparava para proferir um sermão para seus discípulos que lá estavam, esperando para ouvi-lo. Enquanto o Bem-Aventurado esperava seus estudantes se assentarem, ele percebeu um Leia o resto deste artigo »

O Zen e as Artes Marciais

Publicado em Atualizado em

Trechos do livro Zen e Artes Marciais de Taisen Deshimaru.
Tradução de Ana Calazans, publicado originalmente no blog Zen Kung Fu (artigo 1, 2, 3, 4, 5 ) e disponibilizado neste site com permissão da tradutora. A obra completa não tem tradução para português.

Karate, Budo

A Nobre Luta do Guerreiro

O Budo é o caminho do guerreiro; agrega o conjunto das artes marciais japonesas. O Budo aprofundou de maneira direta as relações existentes entre a ética, a religião e a filosofia. Sua relação com o esporte é muito recente. Os textos antigos que tratam do Budo concernem essencialmente à cultura mental e a reflexão sobre a natureza do eu. Quem sou eu?

Em japonês, Do significa o Caminho. Como seguir este caminho? Por qual método se pode obtê-lo? Não se trata somente do aprendizado de uma técnica, de um wasa, e muito menos de Leia o resto deste artigo »

[Livro] O Cérebro de Buda

Publicado em Atualizado em

Sugestão de livro: O Cérebro de Buda: Neurociência Prática Para a FelicidadeAutores: Richard Mendius, Rick Hanson; Editora: Alaúde.

.: Sinopse :.

Com explicações claras acerca da estrutura e do funcionamento do cérebro, os autores de O cérebro de Buda demonstram que é possível condicionar a mente para obter mais felicidade e sabedoria no dia a dia através de práticas meditativas simples e rápidas.

Sempre fundamentado em estudos científicos, o livro mostra como modificar e treinar o fluxo de pensamentos para ativar respostas positivas, com calma e compaixão, em vez de reações negativas, cheias de raiva e angústia.

Indicado a quem busca bem-estar e paz de espírito, O cérebro de Buda é leitura essencial para compreender melhor o cérebro, mudar a mente e transformar a vida.

.: Trecho :.

«Os eventos ruins em geral têm impacto maior do que os bons. É muito fácil adquirir o sentimento de impotência por causa de alguns fracassos, mas livrar-se dele é outra história, mesmo tendo muitas experiências bem-sucedidas depois (Seligman 2006). As pessoas se esforçam mais para evitar uma perda do que para obter um ganho equivalente (Baumeister et al. 2001). Em comparação com Leia o resto deste artigo »

A importância dos Bons Amigos e os 4 tipos segundo o Buda

Publicado em Atualizado em

Trecho do livro “Ensinamentos Fáceis, Verdades Profundas” de Ajaan Anan Akiñcano

Budismo, amigos e amizade

O Buda disse que coisas boas provêm de estar com bons amigos. Eles fazem com que manifestemos as nossas boas características. Tente evitar amizades ruins. Estas são aquelas que nos levam para a bebida, para o jogo e assim por diante, levando a situações danosas. Esse ensinamento também vale para o nosso íntimo. Isto significa evitar se misturar com as forças Leia o resto deste artigo »

Conhecendo a sua mente natural | Mingyur Rinpoche

Publicado em Atualizado em

Trecho do livro “Alegria de Viver” de Yongey Mingyur Rinpoche

Budismo e a Mente

Se um tesouro inesgotável fosse enterrado no chão embaixo da casa de um homem pobre, o homem não saberia disso e o tesouro não lhe diria: “Eu estou aqui!”
— Maitreya, The Mahayana Uttaratantra Shastra, traduzido para o inglês por Rosemarie Fuchs

Muitas vezes, o Buda comparava a mente natural à água, que, em sua essência, é sempre pura e transparente. Lama, sedimentos e outras impurezas podem temporariamente obscurecer ou poluir a água, mas podemos Leia o resto deste artigo »