Contos e Poemas

A arte de esculpir a impermanência no nevoeiro

Publicado em Atualizado em

Inspirada pela impermanência, uma das três marcas da existência referidas no budismo, a artista japonesa Fujiko Nakaya cria esculturas de nevoeiro, que se enroscam, ondulam e se dissipam nas mãos da natureza.

Misterioso, o nevoeiro inspirou escritores e artistas durante séculos, mas Fujiko Nakaya descobriu como criar esculturas a partir dele. A neblina criada artificialmente já esteve presente em diferentes espaços urbanos, museus, jardins e até fontes e praças.

Fujiko nasceu em 1933 na cidade de Sapporo, Japão. A sua obra tem Leia o resto deste artigo »

Anúncios

[Conto] Os Hashis de Marfim

Publicado em Atualizado em

“Quando tiveres os teus hashis de marfim, verás que não combinam com a loiça de barro que usamos à mesa. Vais precisar de copos e tigelas de jade.”

Na China antiga, um jovem príncipe resolveu mandar fazer, de um pedaço de marfim muito valioso, um par de kuàizi (hashi, em japonês). Quando isto chegou ao conhecimento do rei seu pai, que era um homem muito sensato, foi ao filho e lhe disse: “Não deves fazer isso, porque esse luxuoso par de hashi pode levar-te à perdição!”

O jovem príncipe ficou confuso. Não sabia se o pai falava a sério ou se estava a brincar. Mas o pai continuou: Leia o resto deste artigo »

67 Koans Zen

Publicado em Atualizado em

Um koan, é uma narrativa, diálogo, questão ou afirmação no budismo zen que contém aspectos que são inacessíveis à razão. Desta forma, o koan tem como objectivo, propiciar a iluminação espiritual do praticante de Budismo Zen.

1.

Um homem, viajando em um campo, encontrou um tigre. Ele correu, com o tigre em seu encalço. Aproximando-se de um precipício, tomou as raízes expostas de uma vinha selvagem em suas mãos, e pendurou-se precipitadamente abaixo, na beira do abismo. O tigre o farejava acima. Tremendo, o homem olhou para baixo e viu, no fundo do precipício, outro tigre a esperá-lo. Apenas a vinha o sustinha. Mas, ao olhar para a planta, viu dois ratos, um negro e outro branco, roendo aos poucos a sua raiz. Neste momento, seus olhos perceberam um belo morango vicejando perto. Segurando a vinha com uma mão, ele pegou o morango com a outra e o comeu. — Que delícia! — ele disse. Leia o resto deste artigo »

Poema: Chamem-me pelos meus verdadeiros nomes | Thich Nhat Hanh

Publicado em Atualizado em

Chamem-me pelos meus verdadeiros nomes
Não digam que parto amanhã
Porque hoje estou ainda chegando.

Olhe bem, a cada instante estou chegando
Para vir a ser botão de flor em ramo de primavera
Para ser passarinho de asas frágeis
Aprendendo a cantar em meu novo ninho,
Para ser lagarta na corola da flor,
Para ser gema oculta na pedra.

Estou ainda chegando para rir e chorar,
Para sentir medo e esperança
O ritmo do meu coração é o nascimento e morte
De tudo o que vive.

Sou a libélula em Leia o resto deste artigo »

Poemas de Eihei Dogen

Publicado em Atualizado em

tigelas
Foto: Ricardo Sousa / Olhar Budista

O arroz e os outros vegetais têm vida,
os peixes e os outros animais têm vida,
e é graças às suas vidas que podemos viver.
Recebamos a comida com gratidão pelas suas preciosas vidas,
sempre dizendo: “eu agradecidamente recebo esta dádiva de alimento”
e “agradeço por essa maravilhosa comida”.

*    *    *

O valor de uma pessoa não tem nada a ver
com sua posição, fortuna ou ocupação.
Avaliar uma pessoa com base em sua instrução
ou talento levará ao erro.
Antes, são as ações e os pensamentos que dão vida
ao conhecimento que são preciosos.
Pensamentos e ações são o que formam o valor de uma pessoa. Leia o resto deste artigo »

Poema de Milarepa

Publicado em Atualizado em

Flores de azul turquesa, inundação no vale abaixo
Abundância de seda, uma joia de valor
A lua crescente, e o filho querido
São comparações

Ninguém antes cantou palavras tão soltas
Ninguém pode compreender seu significado
Sem escutar toda a canção

A pintura dourada se desbota ao ser completada
Isto mostra a ilusão de todas as coisas
Isto prova a passagem de todas as coisas
Pense e então praticará a lei e a consciência.
Leia o resto deste artigo »