Multimédia

[Música] Namo Tassa Bhagavato Arahato Samma Sambuddhassa

Publicado em

Para muitos budistas de todo o mundo, as recitações e cânticos de louvor a Buda representam uma das principais práticas. Essa é uma forma do praticante mostrar respeito e gratidão pelo Buda e pelos seus ensinamentos, também é uma forma de alinhar a mente com o Dharma, de enraizar e incorporar o Dharma e relembrar os princípios ensinados pelo Buda.

Namo Tassa Bhagavato Arahato Samma Sambuddhassa, é recitado para prestar homenagem a Buda e pode ser traduzido como:

  • Homenagem ao Abençoado, ao Nobre, ao Perfeitamente Iluminado;
  • Honra ao Abençoado, o Exaltado, o Perfeitamente Iluminado;
  • Homenagem ao Bem-aventurado, ao Digno, ao Todo Iluminado;
  • Louvado seja o Abençoado, o Inestimável, o Desperto.

É comum, principalmente na tradição Theravada, a recitação no inicio de alguma palestra ou cerimónia, como a tomada de refúgio e preceitos, sendo que muitos budistas recitam mesmo diariamente.

Vários artistas criaram composições musicais com este mantra de homenagem a Buda, confira alguns exemplos.

Cantando o  “Namo Tassa Bhagavato Arahato Samma Sambuddhassa”

por Sacred Circles

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Sutra do Coração | Canções, recitações e palestras

Vídeo Publicado em Atualizado em

O Sutra do Coração é um dos mais importantes e conhecidos sutras do budismo mahāyāna. É reverenciado por muitos budistas como uma explicação perfeita da natureza da realidade. “Forma é vazio, vazio é forma” é a expressão mais conhecida do sutra (para compreender essa afirmação, explore os artigos linkados no final deste post). O Sutra é notável pela sua brevidade, concisão e claridade. Tem esse nome por ser considerado representativo dos ensinamentos básicos dos Sutras da Sabedoria Perfeita (Prajnaparamita), que são muito mais longos.

Confira neste post: O sutra cantado por diferentes artistas – Concerto de banda japonesa (com um sacerdote Zen) – Mantra do sutra – Recitações – Palestras sobre o sutra – Tradução.

Sutra do Coração cantado

por Imee Ooi

Leia o resto deste artigo »

Três Joias: Caminhos do Despertar [Documentário]

Vídeo Publicado em Atualizado em

Estreia este mês no Brasil a trilogia documental Três Joias: Caminhos do Despertar. A obra lança um olhar inédito sobre o desenvolvimento do budismo no Brasil. Através das Três Joias aprendemos mais sobre a história do budismo no Brasil e as formas pelas quais as pessoas têm incorporado os ensinamentos do Buda na vida cotidiana. Mestres e professores relevantes de várias escolas budistas foram entrevistados.

Trailers e Sinopses:

1º episódio, BUDA: Um encontro com mestres brasileiros – Conheça a visão de importantes monges e lamas brasileiros do nosso tempo através de suas histórias de vida e do encontro que tiveram com os ensinamentos do Buda. Aprenda com eles a história sobre o desenvolvimento do budismo no Brasil e as particularidades culturais de sua prática.

●    ●    ●

2º episódio, DARMA: O caminho dos ensinamentos – Os ensinamentos de Buda chegaram ao Brasil através de diversos caminhos: a imigração, encontros com Leia o resto deste artigo »

[Música] Hang Massive – The Secret Kissing of the Sun and Moon

Vídeo Publicado em Atualizado em

Curiosidades:

  • O vídeo-clip foi gravado em Ladakh, uma região no norte da Índia. Muitas vezes é chamada de pequeno Tibete por causa da influência tibetana, a região conta com inúmeros templos e mosteiros.
  • A estátua que aparece no início do vídeo está no Mosteiro Diskit. É o maior e mais antigo mosteiro budista tibetano do vale de Nubra, na região Ladakh. A estátua possui 32 metros e representa o Buda Maitreya, que de acordo com as escrituras seria o sucessor do Buda da era atual.

Leia o resto deste artigo »

Passage to Buddha [Filme completo-eng]

Vídeo Publicado em Atualizado em

Sinopse: Baseado no romance do ex-monge e ativista político Go Eun, HwaOmKyung (também conhecido como Passage to Buddha) é um dos melhores filmes com tema budista que a Coreia do Sul produziu.

O filme conta a história de um menino que chora a morte do seu pai e começa uma busca para encontrar a sua mãe. Uma odisseia espiritual que leva-o a encontrar pessoas estranhas e, eventualmente, a essência do budismo. Na sua caminhada ele encontra um Leia o resto deste artigo »

Wandering [Filme completo-eng]

Vídeo Publicado em Atualizado em

Sinopse: Nob levava uma vida feliz numa pequena vila com a sua esposa e filho. Mas quando perde o seu emprego, o seu filho morre e a sua esposa o deixa, ele é incapaz de lidar com o sucedido. Até mesmo os moradores da vila viram as costas para ele. Para aliviar a sua dor ele começa a beber, torna-se solitário e se sente completamente desanimado. Mergulha cada vez mais fundo numa espiral descendente da qual parece que não pode escapar. Até que um encontro com um monge na floresta desperta nele o desejo de rectificar os seus fracassos e se comprometer com a vida monástica, iniciando assim uma peregrinação física e mental.

Este drama premiado oferece um raro olhar sobre a prática dos monges da Tradição das Floresta da Tailândia.

Filme Completo: Leia o resto deste artigo »

Três Marcas da Existência [Filme completo-eng]

Vídeo Publicado em Atualizado em

Sinopse: M., um jovem que gostaria de ter uma vida melhor, decide fazer uma peregrinação pela Índia (e Nepal), visitando os quatro principais locais sagrados do budismo: Lumbini, onde Buda nasceu; Sarnath, onde deu o primeiro ensinamento; Bodhgaya, onde Siddhartha Gautama atingiu o Despertar ou Iluminação e se tornou num Buda; e Kushinagar, onde faleceu e entrou em parinirvana. Na sua jornada, M. conhece pessoas que moldam a sua compreensão do budismo de várias maneiras inesperadas. Para atingir o que deseja, M. terá que fazer uma última jornada para enfrentar a origem da sua insatisfação.

Nota de Gunparwitt Phuwadolwisid, realizador (diretor) do filme:
“O que faz uma pessoa se tornar o que ela pensa ser? É a aparência, pensamentos ou sentimentos? A individualidade realmente existe ou é apenas uma consequência da atividade mental?

Cerca de Leia o resto deste artigo »

A Realidade Ilusória | Dokushô Villalba

Publicado em Atualizado em

“O erro que todos cometemos é considerar que o nosso ponto de vista estreito, pequeno, insignificante é a realidade universal, é a Verdade! Em vez de reconhecermos que é uma pequeníssima percepção de algo tão vasto, enorme e misterioso, que é a existência.” – Dokushô Villalba

Budismo, Realidade Ilusória

O texto que se segue é uma transcrição quase integral da palestra de Dokushô Villalba, intitulada de Maya, la Realidad Ilusoria. Confira no final do post o vídeo do Youtube com a palestra integral.

Maya é uma palavra da língua sânscrita e significa ilusão. É utilizada para nos referirmos à natureza ilusória da realidade.

Esta realidade é ilusória, mas não significa que exista outra realidade que não seja. Tudo o que possamos perceber com os sentidos, tudo o que possamos pensar, categorizar é Maya, é ilusório. Porquê? Porque os nossos orgãos sensoriais são condicionados e limitados. Por exemplo, nós não vemos os ultravioletas nem infravermelhos, vemos apenas uma parte muito pequena do espectro eletromagnético. Vemos apenas uma pequena parte da realidade, e ao tomarmos a realidade como tal, então caímos numa ilusão.

É a mesma ilusão que experimentavam os personagens do Leia o resto deste artigo »

A Realidade da Realidade | Tsering Paldron

Publicado em Atualizado em

“Ao trabalharmos sobre as ideias que temos sobre as coisas, modificamos completamente a nossa experiência do mundo e a nossa realidade.” – Tsering Paldron

Budismo e Realidade

O texto que se segue é a transcrição de 2 vídeos de uma palestra de Tsering Paldron. Confira no final do post os vídeos originais.

O mundo que nós vemos, que cada um de nós experiencia, não é o mundo como ele é. É o nosso mundo; e esse nosso mundo é feito de ideias, de pensamentos, de conceitos, etc.

Já tiveram se calhar aquela experiência, ou já ouviram uma partida que se faz às vezes às pessoas quando alguém não gosta por exemplo de carne de coelho e dão-lhe para comer dizendo que é outra coisa e a pessoa come e delicia-se. Depois dizemos “olha acabaste de comer carne de coelho” e a pessoa automaticamente diz logo “ai que porcaria!”

Imaginem, eu por exemplo dou a provar a alguém uma série de petiscos e peço à pessoa para dizer qual Leia o resto deste artigo »

Aparência e Realidade | Dalai Lama

Publicado em Atualizado em

“Se as coisas aparecem como algo lindo, então como consideramos isso como algo existindo objetivamente, independentemente, sentimos apego. Quando as coisas aparecem como algo negativo, também objetivamente, ou seja que o negativo está ali, desenvolvemos raiva, ódio e todas essas coisas.” – Dalai Lama

Budismo, Aparência e Realidade

O texto que se segue é a transcrição de uma palestra do Dalai Lama. Confira no final do post o vídeo do Youtube com a palestra original.

Todas as coisas externas, assim como as nossas experiências internas, tudo aparece como se existissem por si mesmas. Nunca nos aparecem como uma simples designação, as coisas aparecem como algo que existe independentemente. Essas são as aparências. Se essas experiências são verdadeiras, a realidade de que existem independentemente, então devemos investigar,  Leia o resto deste artigo »