Activismo e Fazer o bem Psicologia

Qual a melhor maneira para fazer a felicidade durar mais? Ajudar os outros!

A melhor maneira para fazer a felicidade durar mais, segundo dois estudos, é ajudar os outros. Ganhar algo todos os dias traz felicidade mas diminui à medida que o tempo passa, mas a sensação positiva após ajudar alguém é muito mais duradoura.

Há uma tendência nos humanos de regressarem rapidamente a um nível relativamente estável de felicidade, apesar da ocorrência de importantes acontecimentos positivos ou negativos na vida de cada um. Normalmente quando aquilo que nos deixou feliz se repete, o sentimento tende a se tornar menos intenso. Esse fenómeno é conhecido por Adaptação Hedónica. Mas pode existir uma excepção à regra, conforme foi demonstrado em dois estudos realizados por Ed O’Brien, da Universidade de Chicago, e Samantha Kassirer, da Northwestern University.

A alegria de dar dura mais que a alegria de receber

Na primeira experiência, 96 estudantes universitários receberam cinco dólares por dia durante cinco dias. Eles eram obrigados a gastar o dinheiro exactamente na mesma coisa todas as vezes. Os pesquisadores designaram aleatoriamente os participantes para gastarem o dinheiro em si ou em outra pessoa, como deixar o dinheiro numa jarra de gorjetas no mesmo café ou fazer uma doação on-line para a mesma instituição de caridade todos os dias. Os participantes refletiram sobre a experiência de gastos e a felicidade geral no final de cada dia.

Os resultados mostraram um padrão claro, os participantes começaram com níveis semelhantes de felicidade, conforme a experiência foi correndo, aqueles que gastaram dinheiro com eles mesmos relataram um declínio constante na felicidade durante o período de cinco dias. Mas a felicidade não pareceu desaparecer para aqueles que deram o seu dinheiro a outra pessoa. A alegria de dar pela quinta vez consecutiva foi tão forte quanto no começo.

O’Brien e Kassirer realizaram uma segundo experiência, dessa vez online. Nessa experiência, 502 participantes jogaram 10 rodadas de um jogo de palavras cruzadas. Eles ganharam cinco cêntimos por rodada, que mantiveram ou doaram para uma instituição de caridade da sua escolha. Depois de cada rodada, os participantes divulgavam o grau de felicidade que cada vitoria os fazia sentir.

Mais uma vez, a felicidade referida por aqueles que deram os seus ganhos diminuiu muito mais lentamente do que a felicidade relatada por aqueles que mantiveram os seus ganhos.

Referências: University of Chicago News, Revista Galileu, Wikipédia

Veja também:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: