Contos e Poemas Meditação

[Conto] Baso e a Meditação

Quando jovem, Mazu Daoyi (Baso Dōitsu, em japonês) praticava incessantemente a Meditação. Certa ocasião, seu mestre Nányuè Huáiràng (Nangaku, em japonês) aproximou-se dele e perguntou-lhe: “Porque praticas tanta Meditação?”

“Para me tornar um Buddha.”

O mestre tomou de uma telha e começou a esfregá-la com uma pedra. Com toda aquela barulheira, um tanto intrigado, Baso perguntou: “O que fazes com essa telha?”

“Pretendo transformá-la num espelho.”

“Mas por mais que a esfregueis, ela jamais se transformará num espelho!” será sempre uma pedra.

“O mesmo posso dizer de ti. Por mais que pratiques Meditação, não te tornarás Buddha.”

“Então o que fazer?”

“É como fazer um boi andar.”

“Não entendo.”

“Quando queres fazer um carro de bois andar, bates no boi ou no carro?”

Baso não soube o que responder e então o mestre continuou: “Buscar o Estado de Buddha fazendo apenas Meditação é matar o Buddha. Dessa maneira, não acharás o caminho certo.”

Fonte: Histórias para a Sabedoria – Uma Ontologia de Koans, Contos, Lendas e Parábolas Orientais; Compilação e Edição de: Shén Lóng Fēng.

Veja também:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.