História e Arqueologia Notícias

Arqueólogos descobrem antigo complexo budista no Paquistão

A área do Paquistão no passado teve uma história riquíssima ligada ao budismo e várias descobertas já foram feitas.

Este ano arqueólogos descobriram um antigo complexo budista no norte de Swat, uma região paquistanesa. Acredita-se que o complexo monástico e educacional tenha entre 1900 a 2000 anos o que remonta à era do império Kushan, que controlava essa área, bem como grande parte do Afeganistão e norte da Índia.

O local foi originalmente descoberto na década de 1930 por arqueólogos italianos, mas devido à falta de recursos as escavações terminaram antes que grandes descobertas tivessem sido feitas. No ano passado equipas do Paquistão voltaram a explorar o local.

O complexo é descrito como o maior do tipo na região. É composto por stupas, viharas, escola e salas de meditação no centro do pequeno vale, juntamente com pequenas celas no alto das montanhas, onde os monges viviam em relativo isolamento. Saqib Raza, o arqueólogo chefe da escavação, ao mostrar o local disse que: “Além deste complexo, você pode ver a sala da assembleia ali, que era usada para diferentes reuniões. Eles também costumavam ensinar filosofia aqui. Era uma área de ensino, uma espécie de instituição educacional para a área e para a região ”.

A equipa de arqueólogos também encontrou um pedaço de moeda e algumas pinturas raras de afrescos. Segundo o Dr. Abdul Samad, diretor de arqueologia e museus, a descoberta dos murais é única, pois é a primeira vez que os arqueólogos encontram este tipo de pinturas intactas num sítio arqueológico da dinastia Kushan na civilização Gandhara.

O Prof. Luca M Olivieri, diretor da missão arqueológica italiana no Paquistão, descreveu a descoberta como extremamente importante, acrescentando que ela abriu um novo capítulo nos registos históricos dos primórdios do budismo em Swat.

Existem inúmeros locais de herança budista na área do Paquistão e Afeganistão. Muitos no Paquistão esperam proteger e desenvolver os locais como parte de seu patrimônio cultural e como destinos turísticos. Mas já por várias vezes que o património histórico tem sido destruído ou danificado. Em maio do ano passado, uma estátua de Buda recém-descoberta na área próxima de Takht Bahi foi destruída por moradores locais sob a direção de conservadores religiosos. Desde então, o governo do Paquistão restaurou e renovou a estátua e está tomando medidas mais cuidadosas para a preservação do património budista.

Referências: Globalvillagespace, Dawn, Buddhistdoor.
Crédito da imagem de destaque: RFERL (Canal Youtube).

Veja também:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: