Mahayana

O inferno somos nós, do ódio à cultura de paz | Monja Coen e Leandro Karnal

Publicado em

Monja Coen é uma das mais conhecidas divulgadoras do budismo no Brasil. Leandro Karnal é historiador e está entre os pensadores mais conhecidos do Brasil. Coen e Karnal juntaram-se para escreverem o livro O inferno somos nós: do ódio à cultura de paz.

Como transformar uma cultura de violência numa cultura de paz? Essa indagação é a mote do livro, e é assim que começa a apresentação da obra na palestra do vídeo partilhado.

A Monja Coen diz-nos que não é que nós não vamos sentir raiva, é natural do ser humano ficar enraivecido por coisas que nos parecem impróprias. Mas o que nós fazemos com isso? Como é que nós dialogamos? Como é que nós somos capazes de criar condições de transformação sem ser pelo grito?

Coen enfatiza a importância de Leia o resto deste artigo »

Anúncios

[Filme] Da Tang Xuan Zang

Vídeo Publicado em Atualizado em

Sinopse: Durante a era da Dinastia Tang de “Zhen Guan” (nome da era durante o governo do imperador Taizong), o jovem monge Xuan Zang, na sua busca por conhecimento budista, embarcou numa viagem à Índia, cheia de riscos e perigos. Ele encontra desastres naturais e vê os sofrimentos das pessoas comuns. Soldados atravessam o seu caminho, o seu discípulo trai-o, ele enfrenta os desertos, fica sem comida e água, tudo na busca pelos ensinamentos de Buda. Ele finalmente chega à Índia e estuda o budismo seriamente. Quando retorna para a China já tem 50 anos.

Este premiado filme é uma biografia de Xuan Zang, que teve um papel importante no Leia o resto deste artigo »

Cheng Yen, a monja que criou uma das maiores organizações humanitárias do mundo

Publicado em Atualizado em

“A beleza das pessoas está nas suas virtudes; é exibida através das suas boas acções, boas palavras e bom coração.” – Cheng Yen

A Mestra do Dharma Cheng Yen não é um nome muito conhecido no ocidente, porém, o impacto que a monja teve e tem no mundo é grande.

Fundadora da maior organização budista humanitária
Créditos: tafe.com

Cheng Yen é a fundadora da Fundação Tzu Chi, a maior organização budista humanitária, e uma das maiores do mundo. A fundação está envolvida em várias obras de caridade, ajuda humanitária em desastres naturais, protecção e preservação ambiental, cultura, educação e medicina. Recentemente, a Tzu Chi chegou mesmo a contribuir com ajuda para as vítimas dos incêndios ocorridos em Portugal no verão de 2017.

Quem é a Cheng Yen?

Cheng Yen nasceu no ano 1937 em Qingshui, uma pequena cidade em Taiwan. Aos 7 anos testemunhou os Leia o resto deste artigo »

Seja belo(a), seja você mesmo(a)

Publicado em Atualizado em

Entrevista a Thich Nhat Hanh, por Andrea Miller, in Lion’s Roar. Ver Artigo Original.
Publicado no Olhar Budista com  a permissão da Parallax Press, divisão editorial da Comunidade Plum Village de Budismo Engajado, www.parallax.org.
Tradução de Bianca Cervo Pagnon.

É muito doloroso quando alguém que amamos passa por dificuldades sérias, como doença mental, estresse pós-traumático ou vício. Às vezes parece que os problemas dessa pessoa são tão grandes que nós não podemos realmente ajudar, dessa forma, nós podemos querer nos afastar dela e de seus problemas. Outras vezes, nós tentamos ajudar e acabamos consumidos pelas batalhas da outra pessoa. O que podemos fazer para ajudar nessas situações difíceis sem acabarmos sobrecarregados?

Quando você se sente sobrecarregado, você está se esforçando demais. Esse tipo de energia não ajuda nem a outra pessoa nem a você mesmo. Você não deve se apressar para ajudar logo de cara. Existem duas coisas: Leia o resto deste artigo »

Budismo e Sexo

Publicado em Atualizado em

4 textos relacionados com o budismo e a sexualidade.

Budismo, Sexo, Sexualidade, Amor

1. A Ética Sexual Budista

Autor: Winton Higgins
Tradução: Marcos A. Piani
Palestra proferida no Unibuds, Queer Dharma
The Macquarie University Buddhist Society

As tradições religiosas nos ajudam a encontrar orientações básicas em muitos aspectos das nossas vidas. Aspecto dos mais importantes de nossa existência é a maneira como nos relacionamos com os outros. Entre outras coisas, as religiões em geral tem muito a dizer sobre a ética sexual. Que ética sexual é defendida pelo Budismo? Nessa área, sua tradição é Leia o resto deste artigo »

A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen e a Sabedoria Transcendental

Publicado em Atualizado em

arqueiro-arco-flechaIntrodução de D. T. Suzuki, ao livro “A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen” de Herrigel Eugen. Editora Pensamento, Edição 987.

O que nos surpreende na prática do tiro com arco e na de outras artes que se cultivam no Japão (e provavelmente também em outros países do Extremo Oriente) é que não tem como objetivo nem resultados práticos, nem o aprimoramento do prazer estético, mas exercitar a consciência, com a finalidade de fazê-la atingir a realidade última. A meta do arqueiro não é apenas atingir o alvo; a espada não é empunhada para derrotar o adversário; o dançarino não dança unicamente com a finalidade de executar movimentos harmoniosos. O que eles pretendem, antes de tudo, é harmonizar o consciente com o inconsciente.

Para ser um autêntico arqueiro, o domínio técnico é insuficiente, E necessário transcendê-lo, de tal maneira que ele se converta numa arte sem arte, emanada do inconsciente.

No tiro com arco, arqueiro e alvo deixam de ser entidades opostas, mas uma única e mesma realidade. O arqueiro não está Leia o resto deste artigo »

Musical deslumbrante em homenagem a Thich Nhat Hanh

Publicado em Atualizado em

Alex Cline – um músico altamente respeitado e que também foi ordenado na linhagem do Mestre Zen Thich Nhat Hanh – explica e compartilha a música do seu novo e incrível álbum, Oceans of Vows, que é um tributo ao Avatamsaka Sutra do Budismo e ao próprio Thich Nhat Hanh.

“Oceans of Vows: A Meditation Musical on Interbeing, baseia-se em configurações musicais de pequenos trechos da volumosa escritura budista conhecida como Avatamsaka Sutra, combinado com mais quatro poemas relacionados com a temática, do meu professor espiritual, o mestre budista vietnamita Thich Nhat Hanh (…).

Avatamsaka Sutra, também conhecido como o Discurso da Guirlanda de Flores, a Escritura do Adorno de Flor, e outros títulos similares, é um texto budista Mahayana que se pensa ter sido escrito pelo menos quinhentos anos após a morte do Buda histórico. Relata temas cósmicos usando imagens muito vívidas, elaboradas, muitas vezes celestiais e linguagem poética intensamente colorida, o sutra preocupa-se principalmente em explorar a perfeita inter-relacionada, interdependente, interpenetrante e interconectada natureza da realidade.”

__
“Através do texto perfumado e caleidoscópico do Avatamsaka Sutra, pode-se começar a vislumbrar a visão mais pensativa-provocante da realidade – o universo numa partícula de poeira.”
__

“As ideias do sutra, embora transmitidas usando linguagem radicalmente diferente, provavelmente não seriam particularmente incomuns ou surpreendentes para quem hoje se interessa ou está familiarizado com muitos dos pressupostos mais radicais e avançados da Leia o resto deste artigo »

Monge budista dá vida a templo com música techno

Publicado em Atualizado em

Para tornar o budismo mais apelativo para a geração mais jovem do Japão, Gyōsen Asakura, um ex-DJ e sacerdote budista de Shō-onji, um templo da Terra Pura na cidade de Fukui, Japão, começou a oferecer uma experiência alternativa à tradicional cerimónia memorial.

Os eventos combinam canções budistas tradicionais com Intelligent Dance Music (IDM) e faixas da sua própria composição, acompanhadas de luzes psicadélicas e imagens inspiradas no budismo para expressar a Terra Pura de Amitabha Buddha de uma maneira mais contemporânea.

“Originalmente, as decorações douradas no templo são expressões da Leia o resto deste artigo »

Os 3 Venenos Mentais | Mauricio Hondaku

Vídeo Publicado em Atualizado em

face-corpo-mente

“(…) Os 3 Venenos Mentais segundo o Buda são as bases do nosso pensamento ilusório, das nossas acções ilusórias. (…) Os Venenos Mentais têm haver directamente com a 2ª Nobre Verdade que diz que são os tipos de veneno que nos levam ao apego, que nos levam a vivermos nesse mundo apegado, nesse mundo ilusório que nós vivemos.

Então o Buda dizia que os 3 Venenos Mentais, que terminam guiando tudo o que a gente faz na vida são: Ignorância, Ganância [ou apego] e Ira/raiva [ou aversão]. Isso quer dizer que geralmente quando nós agimos, nós agimos baseados num desses 3 venenos, são esses venenos agindo na nossa cabeça.

A Ignorância é justamente quando nós agimos sem Leia o resto deste artigo »