Budismo Geral

Porque os monges usam mantos de cores diferentes? Os leigos precisam de vestir algum tipo de roupa específica?

Na época do Buda os monges usavam como manto vários tipos de trapos velhos, como panos descartados e até panos que serviram para enrolar cadáveres. Esses panos eram costurados e fervidos com cascas de árvores para que ficassem mais limpos e não tivessem um odor desagradável, por isso os mantos ficavam com uma cor alaranjada. Algumas fontes referem que essa cor também servia como sinalização, por exemplo como os monges andavam pela floresta, era mais fácil durante a noite serem identificados e não levarem com uma flecha de algum caçador. Na época do Buda existiam vários grupos religiosos, esse tipo de manto também deveria servir para identificar os monges budistas.

Conforme o budismo se foi espalhando para outros países e culturas, e foram surgindo diferentes escolas budistas, os mantos também foram ganhando novas cores. Mesmo dentro de um mesmo país podem existir diferentes tonalidades, por exemplo os monges da tradição Theravada das florestas tailandesas, usam um laranja mais acastanhado, enquanto que os monges urbanos usam laranja. E até mesmo dentro de uma mesma escola podem existir diferenças, seja por motivos de graduação ou sem qualquer motivo concreto. Ajahn Jayasāro refere que: “Atualmente a maioria dos monges [na Tailândia] usa hábitos de material sintético. Estes são produzidos comercialmente numa variedade de cores, comprados por budistas leigos e depois oferecidos aos monges. Na maioria dos mosteiros prescreve-se uma série de cores, mas noutros os monges são livres de usar qualquer cor que lhes seja oferecida, desde que esteja dentro de limites aceitáveis. Em muitos mosteiros da floresta os monges costuram os seus hábitos e tingem-nos com cor extraída do tronco da árvore da jaca. A cor destas indumentárias varia de acordo com a cor da madeira usada (indo desde a cor dourada até ao vermelho alaranjado), e com o uso do hábito (sempre lavado numa solução diluída de tinta, um adstringente fraco, e escurecendo consoante envelhece).”

O motivo de monges e monjas usarem um manto é semelhante ao motivo de raparem a cabeça.

E quanto aos leigos e leigas, precisam vestir alguma roupa “especial”?

Não, leigos e leigas não precisam de usar uma roupa específica, podem vestir o que quiserem no dia a dia. No caso de retiros, dependendo da escola, pode ser dada alguma recomendação.

Veja também:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: